RSS

Arquivo do autor:meufilhominhavida

Sobre meufilhominhavida

Sou uma menina muito feliz, pois Deus está presente em minha vida! Nesse espaço, falo de um pouco de tudo, conto as aventuras de uma mãe brasileira com um bebê na Noruega, dou dicas sobre imigração (Quero facilitar a vida de recem chegados na Noruega), falo do desenvolvimento do meu bebê e fatos interessantes do meu dia a dia enfim...Acompanhem vale a pena.

>Com visto na mão, acabou-se a complicação!

>


Há exatamente um mês dei entrada no visto de reunião familiar, havia apenas uma pessoa na nossa frente, admirei-me porque tive que enfrentar uma fila gigantesca além da burocracia quando tentamos dar entrada no visto do meu marido no Brasil…

Como toda documentação estava em ordem, pediram para eu aguardar no máximo três meses para resposta, no entanto ontem ligaram para meu esposo solicitando que eu comparecesse a policia federal com o meu passaporte.

Esse visto de ouro que me dará direito a trabalhar e viver na Noruega tem validade de um ano, contudo, um mês antes do vencimento deverei pedir renovação. -“Como é o processo, alguém já passou por renovação?”.

O número pessoal (uma espécie de CPF, sem ele nem “existimos” na Noruega) que não sei ao certo o prazo de entrega, pegamos no mesmo instante em que o solicitamos, pois por sorte maridex trabalha no prédio do setor de imigração. E não foi nenhum jeitinho norueguês, afinal, aqui não existe isso, porquanto dou graças a Deus que ele tem conhecimento e vai ao lugar certo, sem pular etapas e consequentemente correr o risco de retornar a fase inicial.

Observei que a maioria dos vistos que demoram, não é uma regra, mas na maioria das vezes é porque faltou alguma documentação.

Com o meu número pessoal em mão aproveitamos e abrimos uma conta corrente pra mim com direito a cartão de credito e tudo mais. Nem poderei gastar porque não trabalho, mas o marido paga né rs!

No final de agosto iniciarei o curso de norueguês, ainda estou em duvidas em relação ao horário (Tem vaga suficiente para que eu escolha) (De segunda a Sexta-feira 08h30min às 13h25min ou Terça e quinta-feira da 18h00min às 20h30min).

A noite seria bom porque de dia poderia continuar cuidando do Bruno, no entanto o curso é mais superficial, logo, se eu escolher estudar de manhã será mais produtivo terei mais horas de aprendizado, contudo pagaremos um absurdo de creche para o Bruno ( Creche na Noruega é caríssima) e, além disso, perderíamos o beneficio que o governo oferece para os bebês que não estão na escolinha e vamos combinar que ajuda bastante, por outro lado o jardim de infância seria uma boa para o Bruno que adora interagir com outras crianças, ou seja, estou como já diz o ditado: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!”. Mas logo, chegaremos a um veredito…

Sinto-me muito feliz, porque agora terei maior liberdade para correr atrás dos meus objetivos, e encarar as dificuldades de forma mais segura.

Porque diferente do que muitos pensam, morar no exterior não é fácil, queira quer não, o choque cultural é inevitável, sem falar da diferença de cultura, das pessoas, do novo… Mas enfim a vida nos ensina a delegar estratégias certas para encarar quaisquer fatos.

É como em um novo emprego, você pode até ter experiência na área, mas executá-lo em outro ambiente dificultará o processo, no entanto sua persistência lhe trará novas experiências.

A Noruega é uma mãe, essa é minha opinião particular, o modo com que nos recebe aumenta a vontade de ir adiante, dando-nos estrutura para tal.

E vamos que vamos minha gente, até o próximo episódio...

 

>Eles crescem muito rápido… O tempo não perdoa!

>

O Bruno está a cada dia mais esperto, era “ontem”, quando o peguei no colo pela primeira vez, com seu olhar indefeso, tão pequenino…

Hoje, cheio de opinião quando não quer comer algo, simplesmente olha pra mim negativamente e faz cara de nojo, isso quando não dá um tapa na colher e joga o conteúdo longe.

Se por alguns instantes não lhes dou atenção, ele simplesmente corre para a cozinha, tira todos os talheres da gaveta e me olha faceiro, como que dizendo: … “Não vai me dar atenção por bem, dará por mal”.

De quem será que puxou esse gênio em? O pai com certeza, afinal ele é a cópia perfeita de tal…Hehehe

Toda tarde desço com ele pra brincar, às vezes aqui no prédio, outras no centro… “o que mais tem aqui na Noruega são espaços para a garotada brincar” Ele adora interagir com outras crianças fica eufórico, quer dividir os brinquedinhos… Não sei se pelo fato de eu ser uma mãe coruja nata, o acho muito esperto para a idade “Um ano e um mês”.

Corre fugindo de mim e se esconde, me abraça, me enche de beijo molhado ”Adorooooo!”

Esse toquinho de gente enche a mamãe de orgulho com seu charme inocente, envolve até os corações dos mais tímidos noruegueses que não resistem e sempre conversam com ele: “Hadet “lê se radé” (Significa tchau em norueguês) e o Bruno repete “dedé, dedé”.

Podem limpar a minha baba? Risos Tem mais baba aqui do que quando o primeiro dente do Bruno estava pra nascer…

E por falar em dentes ele ainda só tem quatro dentinhos, acho que vou mandar um e-mail para o Tio dentista, pra pedir orientações se isso é normal…

O tio dentista é super atencioso sempre que posto uma duvida ele é pronto em responder, vale a visita no blog dele… Aqui:

 

>Entrevista- A Noruega me abraçou, sim ou não? Com Camila Camargo Castro Hareide.

>

Nossa entrevistada de hoje no quadro a “Noruega me abraçou sim ou não?” é a autora blog Do mar à praia… Na Noruega. Camila Camargo Castro Hareide.
No seu blog ela conta suas experiências na noruega e dá várias dicas para quem quer explorar essa paraíso misterioso, para visitá-lo clique aqui.

2. Quantos anos você tem?

37 anos

3. Onde você nasceu e cresceu?

São Paulo

4. Há quanto tempo você reside na Noruega? Quando surgiu a ideia de mudar de região?

2 anos. Conheci meu marido traabalhando em navios de cruzeiro nos Estados Unidos, e quando resolvemos casar e desembarcar de vez, ponderamos um pouco sobre morar no Brasil ou aqui, e optamos pela Noruega pela qualidade de vida.

5. Como foi a sua adaptação no país logo depois da chegada?

Nos primeiros meses foi um pouco assustador, tinha receio de sair de casa sozinha e não conseguir me comunicar (mesmo falando inglês fluente). Mudei pra cá na primavera e meu primeiro verão foi a maior alegria. Os dias longos mexeram um pouco comigo, mas de resto posso dizer que me adaptei à tudo rápido: clima, comida, cultura… Nada é assim tão diferente pra mim…

6. Você mora sozinho ou com sua família na Noruega?

Com meu marido.

7. Você trabalha na Noruega? Em caso positivo, você mudou de área depois da saída do Brasil ou continua no mesmo setor? Descreva um pouco de sua experiência:

Trabalho. Arrumei emprego nos primeiros 5 meses, e foi o primeiro lugar pra onde mandei currículo. Sou formada em Hotelaria, trabalhei com isso a vida toda, e aqui sigo o caminho da hotelaria (por enquanto). Minha experiência de 15 anos na área foi fundamental – e o inglês fluente também.

8. Durante esse tempo de estadia nessa terra dos Vikings cite cinco principais diferenças que você observou entre o Brasil e a Noruega (Prós e contras):

Difícil dizer prós e contras, porque há diferenças em todos os lugares. Mas as grandes vantagens que eu vejo aqui são segurança (sou paulistana, muito acostumada com violência, e aqui onde moro não existe quase isso), segurança social e legislação trabalhista que respeita os direitos dos cidadãos, e em função dessa segurança toda aqualidade de vida é enorme, os níveis de stress são bem mais baixos… Igualdade social e igualdade entre gênero e o respeito aos direitos civis são exemplo no mundo. Adoro isso. Ah, fora a natureza extraordinária e as paisagens de tirar o fôlego. Desvantagens: a pior e mais cara oferta de alimentos de toda a Europa, o sistema de saúde é bem aquém do esperado, e o custo de vida e os impostos são muito altos. E, memso com toda a garantia de direitos civis, há discriminação e racismo, como em todo o resto daEuropa. Mas no fim tudo se equilibra.

9. Como os brasileiros são vistos na Noruega? Você acredita, que existe preconceito, Eles respeitam os expatriados/imigrantes em geral?

Depende do lugar. Aqui na minha cidade não conheço nenhuma brasileira intimamente. Eu nunca sofri discriminação, mas já vi/ouvi coisas absurdas, inclusive de hóspedes do hotel. Mas ouço também pela cidade que em alguns setores (especialmente hotéis/restaurantes) os empregadores preferem estrangeiros, porque são mais trabalhadores do que os noruegueses. De outros brasileiros sei pouco, por isso não poso falar…

10. Você fala a língua Norueguesa? Você acredita que é importante aprender a língua local, ou dá pra se virar com o inglês?

Eu falo um norueguês básico, me viro em diferentes situações sem problemas. Eu me virei com o inlgês pra coisas mundanas da vida. Mas aqui na minha cidade, os mais velhos não falam inglês. Então fica difícil. E sim, aprender a língua é fundamental, e um mínimo de respeito pra com o país que você escolheu viver.

11. Sente saudades da família no Brasil e de outras iguarias?

Obviamente sinto uma saudade louca da minha família e amigos. Sinto uma falta enorme de feiras e sacolões repletos de frutas frescas e verduras, sinto falta de um bom bife, sinto falta dos bares e restaurantes paulistanos. Sinto falta da variedade de laticínios do Brasil (aqui há de muito boa qualidade, mas em pouca variedade), queijo branco, goiabada, um eventual pingado com pão na chapa de padaria, e das padarias em si. Sinto uma falta louca de tudo.

12. Você Pretende viver na Noruega para sempre?

Sempre brincamos que quando nos aposentarmos vamos viver no Brasil. Mas até lá ainda tem chão… Por hora nossa vida está aqui.

13. As maiorias dos brasileiros vão para o exterior atrás de melhores oportunidades de emprego, e consequentemente uma melhor qualidade de vida. No seu caso, qual o motivo que o levou a morar na Noruega?

O que que a gente não faz por amor? rsrsrs

14. Como você acha que teria sido a sua vida se não tivesse imigrado?

Não faço a menor idéia…

15. Periodicamente ouço dizer que a saúde na Noruega é precária e quem necessita de exames, tais como ultrassom, eletrocardiograma e etc., necessita esperar meses na fila, como no Brasil. Você já passou por isso? Descreva a sua satisfação:

Sim. Tive que fazer uma ressonância da coluna. Não levou meses, mas um mês e meio prafazer o exame. Mas na hora de pagar, eu nem acreditei no valor, uma mixaria. Então a demora é compensada pelo subsídio, e pra isso pagamos impostos altos. Ouço histórias horríveis. Aqui na minha cidade houve 16 casos de pacientes que foram diagnosticados com câncer echegaram a ter seus órgãos removidos, e depois descobriu-se que o diagnóstico inicial estava errado. Imagina! Pra quem dependia do sistema de sdaúde público no Brasil, acho que não tem tanta diferença. Mas pra quem pagava médico/hospital/laboratório privado, no Brasil existe muito mais competência. Quandio vou ao Brasil vou ao dentista, ginecologista e outros médicos que eventualmente precise, e se eu adoecer aqui, já disse pro marido que me leva pra Tromsø. Ao menos existe a opção de escolha, rsrsrs.

16. Você já tem passaporte Norueguês?

Não tenho e não estou nem pensando nisso. Não sei exatamente qual é o caso, mas se tiver que optar entre nacionalidade brasileira e norueguesa, serei sempre brasileiro. Com todas as consequências!

17. Resuma a Noruega em uma única palavra.

Tranquilidade…

18. Tem algum site, que gostaria de indicar, ou até mesmo seu blog pessoal, para que brasileiros tenha uma ideia de como é viver nesse país nórdico?

http://www.portalconsular.mre.gov.br/apoio/mundo/europa/reino-da-noruega/oslo – Embaixada do Brasil em Oslo

http://www.udi.no/ – Departamento de Imigração, com todas as informações pra visto

http://www.nokut.no/ – Pra quem pretende estudar na Noruega ou obter equivalência de diploma

http://www.noruega.org.br/ – Embaixada da Noruega no Brasil

http://wordpress.pretonobranco.no/?p=526 – Preto no Branco, jornal eletrônico da comunidade brasileira na Noruega

19. Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver na Noruega?

Que caiam na real e pensem que a vida de expatriado pode ser bem difícil. Que pesquisem bastante antes de tomarem o passo. Que se certifiquem de que o parceir@ é mesmo quem diz ser (tem muita guria que vira empregada de marido por aqui, ou ainda, que leva porrada e tals, a gente sempre ouve histórias). Que não pensem que vão almoçar caviar e salmão defumado todo dia, e vão ter vida de princesa. Trabalha-se muito por aqui, todo mundo dá duro, inclusive os norueugeses. E lembre-se sempre, o salário mágico terá de 20 a 36% de imposto descontado automaticamente todo mês.

20. Ouve-se dizer que o custo de vida e alimentação na Noruega é altíssimo, e que é impossível adquirir imóveis carros e outros pertences de valor a vista, qual a sua opinião a respeito?

Acho difícil que qualquer cidadão norueguês que ganhe entre 250 mil e 500 mil coroas ao ano consiga pagar um imóvel ou carro à vista. Todo mundo em geral tem empréstimo do banco (quando consegue). Por outro lado, ao menos aqui no meu pedaço, se você conseguir guardar cerca de 100 mil coroas, é fácil conseguir o empréstimo. Comprar casa à vista acho que só celebridade e o povo da indústria naval e pesqueira, ou gente como o Petter Stordalen, pra quem eu indiretamente trabalho, rsrsrs. Mas vive-se bem mesmo pagando empréstimo, desde que a família planeje as despesas.

 

>Especial dia dos namorados- Príncipe encantado existe, sim…

>
Esse foi o segundo Post lançado no meu blog aqui, e em homenagem ao dia dos namorados resolvi repeti-lo:


Quem nunca viveu aquela sensação horrível de estar sozinha mesmo casada, namorando, enrolando, “emancebando” e foi dormir carente, desejando que aquele cara roncando do seu lado na cama fosse como o galã Marcos (José Maia) de Viver a vida (Novela das 20h00min)?Romântico, sedutor, apaixonante… Ai que sonho!!! Nem Eros o Deus de amor (mitologia grega), teve tanta perfeição como mostram na trama.


Mas não é tão difícil ter o homem “perfeito”, se você quiser este príncipe poderá acordar todos os dias do seu lado… Só depende de você!!! Você deve estar se perguntando: “… – Como assim só depende de mim? Onde esta maluquinha está querendo chegar?” Apenas cheguei à conclusão que o príncipe encantado é esse mesmo que está ai do seu lado, neste exato momento…


Agente peca por querer uma pessoa que não erre nunca, que aceite todas as nossas vontades e opiniões. Quando nem nós mesmas sabemos as nossas verdadeiras vontades, mal conhecemos nossos reais desejos…

Veja a pessoa que você ama com olhos do coração, sem exigir demais, sem cobrar demais, sem brigar demais…

Num relacionamento tem que haver cumplicidade, companheirismo e respeito…

Beijos e feliz dia dos namorados a tod@s!
 

>Museu do Urso Polar- Hammerfest Norway-

>Na semana passada fomos visitar o museu do Urso polar.


O museu mostra orgulhoso a tradição da cidade de caça e pesca no Árctico.

Na área tem diversos animais que passaram pelo processo de taxidermia A taxidermia – nome técnico do empalhamento de animais”

Veja fotos abaixo.








 

>Teste Tuberculose- Noruega

>


Ontem eu e o Bruno fizemos um teste de turbeculose, todo imigrante recém-chegado na Noruega precisa fazê-lo.

Por sorte a enfermeira fala português. “ viveu no Brasil um ano e é descendente de Brasileiros”.

Ela injetou um derivado de proteína purificada (ou PPD), na intraderme do nosso braço (isto é, dentro da pele), voltaremos na clinica sexta-feira para a leitura do exame.

A agulhada durante o teste não dói muito mais incomoda, achei que o Bruno iria chorar bastante, mas me enganei, resmungou na hora da picadinha e parou, pedindo o ombro amigo da mamãe.

Se o teste der positivo não indica doença ativa, apenas que o indivíduo teve contato com o bacilo. Vamos ver né?

Pra quem não sabe a tuberculose é uma infecção causada por uma bactéria de nome, Mycobacterium tuberculosis, geralmente afeta os pulmões, mas também pode atingir o sistema nervoso central (meningite), sistema linfático, sistema circulatório, sistema geniturinário, ossos e articulações.

A tuberculose é uma das infecções mais comuns e mortais atualmente, principalmente nos países em desenvolvimento. Contudo, os países desenvolvidos não estão livres de serem afetados.

No Brasil, todo bebe ao nascer são imunizados ao tomar a vacina BCG ((Bacilo Calmette-Guérin) é utilizada para a prevenção da tuberculose-).Aquela vacininha que quase todos nós somos marcados pela cicatriz em forma de bolinha no braço.

A Função da BCG NÃO É atalhar a tuberculose em si, no entanto impedir formas graves da doença (como a miliar, óssea, meníngea, hepática, encefálica).

Por isso aqui na Noruega eles realizam o teste mesmo tendo confirmação de que fomos vacinados no Brasil, pois a vacina inibe um desenvolvimento maior da doença, mas não evita que a mesma tenha vivido no organismo sem sintomas.

 

Hello world!

Welcome to WordPress.com. After you read this, you should delete and write your own post, with a new title above. Or hit Add New on the left (of the admin dashboard) to start a fresh post.

Here are some suggestions for your first post.

  1. You can find new ideas for what to blog about by reading the Daily Post.
  2. Add PressThis to your browser. It creates a new blog post for you about any interesting  page you read on the web.
  3. Make some changes to this page, and then hit preview on the right. You can alway preview any post or edit you before you share it to the world.
 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 7, 2011 em Uncategorized