RSS

Arquivo da categoria: desenvolvimento

>Eles crescem muito rápido… O tempo não perdoa!

>

O Bruno está a cada dia mais esperto, era “ontem”, quando o peguei no colo pela primeira vez, com seu olhar indefeso, tão pequenino…

Hoje, cheio de opinião quando não quer comer algo, simplesmente olha pra mim negativamente e faz cara de nojo, isso quando não dá um tapa na colher e joga o conteúdo longe.

Se por alguns instantes não lhes dou atenção, ele simplesmente corre para a cozinha, tira todos os talheres da gaveta e me olha faceiro, como que dizendo: … “Não vai me dar atenção por bem, dará por mal”.

De quem será que puxou esse gênio em? O pai com certeza, afinal ele é a cópia perfeita de tal…Hehehe

Toda tarde desço com ele pra brincar, às vezes aqui no prédio, outras no centro… “o que mais tem aqui na Noruega são espaços para a garotada brincar” Ele adora interagir com outras crianças fica eufórico, quer dividir os brinquedinhos… Não sei se pelo fato de eu ser uma mãe coruja nata, o acho muito esperto para a idade “Um ano e um mês”.

Corre fugindo de mim e se esconde, me abraça, me enche de beijo molhado ”Adorooooo!”

Esse toquinho de gente enche a mamãe de orgulho com seu charme inocente, envolve até os corações dos mais tímidos noruegueses que não resistem e sempre conversam com ele: “Hadet “lê se radé” (Significa tchau em norueguês) e o Bruno repete “dedé, dedé”.

Podem limpar a minha baba? Risos Tem mais baba aqui do que quando o primeiro dente do Bruno estava pra nascer…

E por falar em dentes ele ainda só tem quatro dentinhos, acho que vou mandar um e-mail para o Tio dentista, pra pedir orientações se isso é normal…

O tio dentista é super atencioso sempre que posto uma duvida ele é pronto em responder, vale a visita no blog dele… Aqui:

 

>Espaço para brincar com seu filho.

>

Estivemos no Rio de Janeiro para validar uns documentos no Itamaraty. Nos hospedamos em Ipanema. Uma pena, mas a praia de Ipanema, não é apropriada para bebês, pelo menos em nossa caminhada, não encontramos nenhum espaço com adaptações para crianças. Em nossas andanças acabamos encontrando um espaço chamado despertar. Para quem não conhece, o Despertar é um centro de atividades e recreação para bebês e crianças. O espaço despertar Baby é voltado para bebês (de 04 a 36 meses), com brinquedos e atividades direcionados para os pequeninos. O Espaço conta com vários profissionais que dão aulas de música, teatro, roda de histórias, momento surpresa, teatrinho de fantoches, lanche em grupo e folia e etc. Maiores detalhes acesse o site. Existe horário fixo no despertar, mas como eu ficaria pouco tempo no Rio, optei por um pacote de 5 horas, que aproveitamos o Maximo, pelas fotos abaixo, deu pra perceber que o Bruno se divertiu de montão. A primeira hora é gratuita afim de que as mamães e bebês usufrua de tanto mimo!

 

>Mudanças e mudanças…

>

Estou casada há dois anos e desde então a minha vida está em constantes mudanças. E haja mudanças nisso…

No inicio do casamento morávamos em São Paulo, ai pintou uma oportunidade de negócios e optamos por vir morar na Bahia, feira de Santana. Não sabíamos o que nos esperaria e que chegaríamos à conclusão de que essa mudança não seria o melhor rumo para a nossa vida, mas o futuro a Deus pertence não é verdade?

Com apenas dois meses na casa nova, invadiram meu quintal em um final de semana que viajamos para salvador e roubaram a nossa antena da TV digital… Bandido burro, em feira de Santana ainda não chegou o sinal da digital e essa antena só funciona com um aparelho que estava dentro da minha casa, deve ter achado que era parabólica. Risos. Tem que rir para não chorar!

Tempos depois mudamos para um bairro mais tranqüilo prezando a nossa segurança, pelo menos era o que acreditávamos né? Certa tarde bandidos literalmente pés de chinelo saltaram o muro de casa e roubaram sapatos e os “chinelo”do meu marido…

No outro dia quando cheguei em nosso comércio, tinha uma multidão de gente e no meio uma garota que havia acabado de ser baleada no pé pelo namorado.

Quem Le meu blog sabe que tive uma gravidez conturbada, imagine com todo susto que passei, visto que no ano passado nessa época de Janeiro, onde eu estava com 4 meses de gravidez, assaltaram nossa loja quatro vezes, isso num intervalo de dois meses e os marginais estavam fortemente armados. Tão revoltada cheguei a acionar a imprensa, cedi às imagens e foram mostradas no canal da TV local, desde então meu marido passou a andar armado, sempre fui contra a arma de fogo, mas acabei concordando, afinal estava em jogo a nossa segurança.

Lamentável… Confesso que em 31 anos em que morei em São Paulo (nasci em São Paulo e aos 31 anos parti em rumo a essa “aventura” ) nunca tinha presenciado tanta violência de perto. E olha que não se brinca em São Paulo! Aqui é assim: “Bobeou dançou a peixeira cortou” Risos

Cansado de tantos descompassos de tantos sustos, aliás, revoltado, não só com isso, mas com o oportunismo de algumas pessoas por essas bandas, meu marido resolveu mudar para Noruega e ai, estou eu novamente preparando as malas para o novo, pois sei que dessa vez não entraremos numa fria. Deus é pai! Risos!

O objetivo inicial do meu post era falar sobre as mudanças de casa, cidade e país, no entanto as circunstancias dos acontecimentos acaram sendo mais forte e acabei desfocando a prosa!

 

>Tchauuuuuuuuu

>

O Bruno está dando tchau! Adorou tanto a idéia que é só ver alguém que dá tchau. Parece italiano que dá tchau ao chegar e ao sair, mas quando ele levanta a mãozinha não para mais… Morro de rir!

Adivinha quem ensinou?

Esses dias o tio avo dele o pegou no colo olhou em seus olhinhos e gritou ele parou: “Rooo” ele olhou para o vovô, com carinha de negativo e gritou mesma forma “Rooo”

Como ele gostou da festa foi uma algazarra só, O tio gritava e na seqüência ele fazia igual uma comédia…

Ele aprende as coisas, muito rápido, tudo que agente ensina, observa atentamente e tenta fazer igual…Esse meu garoto vai longe!

 
 

>8 meses…

>

Final de setembro 2009, menstruação atrasada… Peguei o teste na farmácia, fui ao banheiro discretamente e sem obedecer aqueles 5 minutos da bula, em questão de segundos já apareciam os dois risquinhos…
Eu já desconfiava que você estivesse dentro de mim, sei lá as mães sentem… Mas quando tive certeza fiquei sem ação, sem ar…
Desde o inicio você foi guerreiro enfrentou um exercito de 400 milhões e encarou sem abrandar a minha cavidade uterina…
Sua estadia dentro de mim foi turbulenta, não é verdade? A sua casinha queria cair de qualquer jeito (deslocamento de placenta), mas você, firme e corajoso segurou-se em mim e aguardou o tempo suficiente.
Danadinho mostrou o sexo com menos de quatro meses de gestação e bem folgadão com a bundinha pra cima e o saquinho pendurado. “Dr José disse: – Tem duvidas que seja um garotão?” Mas no fundo a mamãe sempre soube que era você, um menino lindo. Risos.
No dia que você mostrou a mãozinha na ultrassom me emocionei e a partir daquele momento eu não te conhecia mas já te amava profundamente…
Você agüentou forte e firme na sua casinha até o oitavo mês…
Fiquei tão ansiosa quando chegou o grande dia…
À exatamente oito meses seu primeiro choro selou sua vida e desde então me tornei a mulher mais feliz do mundo!
Parabéns meu filho, nunca cansarei de dizer o quanto te amo… E que você é um milagre da vida da criação!
Deus com sua magnitude e bondade me presenteou o ser mais lindo da face da terra!
Te amo!
 

>Cada momento com o Bruno é lindo, único…

>

Ao ver o desenvolvimento do meu filho, ganho energia e forças para caminhar…
Até os momentos difíceis tornam-se lindos e felizes!
Agente não entende o mistério de Deus, porque ele permite algumas coisas na nossa vida… DEUS faz agora para a gente entender depois… O que seria de mim sozinha sem meu filho no momento tão difícil que estou passando? Com certeza não agüentaria…
Minha vida não teria sentido se eu não fosse mãe… Ao escutar o choro do Bruno na maternidade percebi que tudo que até então eu havia vivido era supérfluo, sem sentido!
Esse pequeno grande tesouro me alegra me faz sorrir, me completa… Não preciso de balada (Eu era a pessoa mais baladeira da face da terra). Tem amigos que até hoje não consegue me imaginar mãe, no entanto descobrir que nasci para tal.
Hoje dei um biscoito de chocolate pra ele, na intenção de distraí-lo, quando olhei de volta, tinha comigo metade, a boquinha toda suja, olhando pra mim, com altas gargalhadas… Coisa mais linda e fofa!
Na hora que eu fui comer, tive que dar batata-doce… Come de tudo, coisa linda!
Já senta, é curioso, quando está mamando que chega alguém, simplesmente abandona meu peito para prestar a atenção em quem está falando. Risos! Elétrico, tenho que observá-lo 24 horas, haja energia!
Se estiver nos braços de ágüem e me vê, faz uma festa! Pula, balança as perninhas, como é gratificante!
Meu dia voa, fico feliz em poder ser mãe em tempo integral! Tenho o privilégio de acompanhar meu bebê, a cada segundo é uma nova descoberta, um novo passo para o crescimento!
Quando chega essa hora eu estou morrendo de dores no corpo, cansada, só ai me dou conta do quanto meu pequeno príncipe cresceu! Mas vale a pena, vale tudo para ter um sorriso ainda banguelo…
São poucos os que têm a oportunidade de ter momentos lindos para guardar pra sempre na memória… Ocasiões que o tempo leva, mas que o coração mantém…

Eu tenho esse prazer e aproveito bastante! Te amo meu bebê!

 

>Dia de puericultura…Como eles se desenvolvem…

>

Hoje foi dia de puericultura. Para quem não sabe puericultura (do latim puer, pueris, criança) é a ciência médica que se dedica ao estudo dos cuidados com o ser humano em desenvolvimento, mais especificamente com o acompanhamento do desenvolvimento infantil.
E mais uma vez meu pequeno traquinou… Fez xixi na pediatra, esguichou como uma mangueirinha, depois bateu as perninhas e começou a gargalhar alto, tentando pegar as persianas da janela, tive que segurá-lo para medir a cabeçinha, que menino feliz! E sabe por quê? Estava despido… Ele adora ficar sem fraldas (Desde que nasceu eu o deixo uma hora peladinho, deste modo ele nunca teve assaduras, alem de adorar o ar na piroquinha…HEHEHEHEHE).
E na balança? Que trabalho para pesá-lo, quase matou a pediatra de rir… Muito divertido!

Antes de entrar para a consulta ele já estava “causando” na sala de espera e“paquerando” as meninas lindas! Que pecado, tão inocente meu bichinho! KKKK

Ele pegando na maozinha de uma bebê negra, parece o pai, adora uma mulata!

Como ele é lorinho dos olhos azuis e o perfil da população baiana é negra, imagine o sucesso que este garoto fez entre todos! Todo mundo queria vê-lo e a mãe coruja aqui boba babando!

Pausa

Por falar em população negra… Uma fulana sentou do meu lado perguntou:
“- É Seu filho? “
Respondi:
“- Sim “
A fulana:
“-Nossa que lindo! Seu marido deve ser gringo né? Pois você é morena (veja bem não sou morena, sou negra e com muito orgulho, entretanto os negros aqui, não gostam de ser tratados pela raça, ou são escurinhos ou moreninhos, pode?) com um bebê lorinho, como é possível? Pensei que você fosse a babá ”

Que comentário infeliz e preconceituoso, vocês concordam? Só porque sou negra, não posso ter um filho branco, desde quando a cor da raça revela a maternidade ou paternidade? Toda negra que carrega um bebê branco tem que ser babá? Não poderia ser uma tia, uma amiga da mãe da criança? E se fosse ao contrario? Eu branca carregando um bebê negro, o que pensariam? Que foi adotado? Enfim… Só comentei este fato, pois acho inadmissível viver uma situação desta num estado onde 80% da população é negra e o racismo aqui é maior que em São Paulo que o número é menor…

Despausa.

Sempre ouço dizer que esta fase de bebê novinho em casa passa rápido, que tenho que aproveitar bastante, no entanto não imaginei que passaria tão acelerado, meu pequeno está crescendo muito, literalmente… É um bebezão, alto para uma criança de quatro meses, puxou o pai com o padrão dos noruegueses, agora imagine eu com um metro e meio de altura, carregando esta “girafinha”, tem que ser uma supermãe maravilha mesmo para agüentar… hehehehe

Veja evolução do crescimento:
Nascimento: Altura 49 centímetros Peso: 2950g
Um mês: Altura 54 centímetros Peso: 5000g
Dois meses: Altura 57 centímetros Peso: 5750g

Três meses… A pediatra esqueceu de marcar no livro eu acho…Não encontrei.rs

Quatro meses: Altura 61.5 centímetros Peso: 6650g