RSS

Arquivo da categoria: policia federal

>Com visto na mão, acabou-se a complicação!

>


Há exatamente um mês dei entrada no visto de reunião familiar, havia apenas uma pessoa na nossa frente, admirei-me porque tive que enfrentar uma fila gigantesca além da burocracia quando tentamos dar entrada no visto do meu marido no Brasil…

Como toda documentação estava em ordem, pediram para eu aguardar no máximo três meses para resposta, no entanto ontem ligaram para meu esposo solicitando que eu comparecesse a policia federal com o meu passaporte.

Esse visto de ouro que me dará direito a trabalhar e viver na Noruega tem validade de um ano, contudo, um mês antes do vencimento deverei pedir renovação. -“Como é o processo, alguém já passou por renovação?”.

O número pessoal (uma espécie de CPF, sem ele nem “existimos” na Noruega) que não sei ao certo o prazo de entrega, pegamos no mesmo instante em que o solicitamos, pois por sorte maridex trabalha no prédio do setor de imigração. E não foi nenhum jeitinho norueguês, afinal, aqui não existe isso, porquanto dou graças a Deus que ele tem conhecimento e vai ao lugar certo, sem pular etapas e consequentemente correr o risco de retornar a fase inicial.

Observei que a maioria dos vistos que demoram, não é uma regra, mas na maioria das vezes é porque faltou alguma documentação.

Com o meu número pessoal em mão aproveitamos e abrimos uma conta corrente pra mim com direito a cartão de credito e tudo mais. Nem poderei gastar porque não trabalho, mas o marido paga né rs!

No final de agosto iniciarei o curso de norueguês, ainda estou em duvidas em relação ao horário (Tem vaga suficiente para que eu escolha) (De segunda a Sexta-feira 08h30min às 13h25min ou Terça e quinta-feira da 18h00min às 20h30min).

A noite seria bom porque de dia poderia continuar cuidando do Bruno, no entanto o curso é mais superficial, logo, se eu escolher estudar de manhã será mais produtivo terei mais horas de aprendizado, contudo pagaremos um absurdo de creche para o Bruno ( Creche na Noruega é caríssima) e, além disso, perderíamos o beneficio que o governo oferece para os bebês que não estão na escolinha e vamos combinar que ajuda bastante, por outro lado o jardim de infância seria uma boa para o Bruno que adora interagir com outras crianças, ou seja, estou como já diz o ditado: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!”. Mas logo, chegaremos a um veredito…

Sinto-me muito feliz, porque agora terei maior liberdade para correr atrás dos meus objetivos, e encarar as dificuldades de forma mais segura.

Porque diferente do que muitos pensam, morar no exterior não é fácil, queira quer não, o choque cultural é inevitável, sem falar da diferença de cultura, das pessoas, do novo… Mas enfim a vida nos ensina a delegar estratégias certas para encarar quaisquer fatos.

É como em um novo emprego, você pode até ter experiência na área, mas executá-lo em outro ambiente dificultará o processo, no entanto sua persistência lhe trará novas experiências.

A Noruega é uma mãe, essa é minha opinião particular, o modo com que nos recebe aumenta a vontade de ir adiante, dando-nos estrutura para tal.

E vamos que vamos minha gente, até o próximo episódio...

Anúncios