RSS

Arquivo da categoria: vida

>NORUEGA- Está chegando o momento.

>

Está chegando o dia de ir…

Não quero despedidas, porque voltarei logo, sei que não estou falando de uma ponte aérea Santos Dumont/ Congonhas, contudo sou brasileira, minhas origens e amigos queridos estão aqui.

Tem gente que diz que sou corajosa “Ir para outro país assim?” Assim como?

Noruega faz parte de mais uma etapa na minha vida é uma oportunidade que quero muito aproveitar e sinto-me sortuda de ter encontrado o grande amor da minha vida do outro lado do oceano, graças dou ao Criador que me proporcionou tal felicidade!

Sinto muita saudade dos amigos do meu tempo de solteira, onde nos reuníamos em finais de semana para o “esquenta” e na sequência ferveção nas balada (as melhores de São Paulo), momentos bons que não voltam, que ficarão guardado para sempre na memória, e que por consequência do destinos mudaram…

O tempo muda as pessoas, não muda por que queremos, mas porque as decorrência da situação faz com que isso advenha…

São os filhos quem vem às mudanças de cidade ou até de país, desse modo acabamos automaticamente por traçar novos horizontes, a criar novas programações…

Seria bom se pudéssemos incluir todos os momentos em cada período da nossa vida, mas as coisas não ocorrem do modo que agente quer, as etapas são divididas em fase, isso se chama VIDA, como já disse Falabela: “O tempo não perdoa”.

Amo vocês amigos, apesar de termos nos distanciado, ainda continuo com vocês no pensamento, no coração, afinal, amizade verdadeira não se resume em está junto toda hora, dizer coisas bonitas etc. Amizade verdadeira é aquela que nem o tempo e a distância é capaz de apagar.

Estou feliz, curtindo meu marido e meu filho que é a família que constituir ao casar, tenho certeza que mesmo distante, vocês estarão vibrando comigo ansiando a minha felicidade, como anseio a de vocês!

Amo muito tudo isso!

Anúncios
 

>Primeiros passos.

>

Não existe emoção maior do que ter a oportunidade de ver os primeiros passos do seu filho.
Quem é mãe sabe exatamente o que eu estou sentindo…
Eu sempre vibro a cada nova descoberta do meu pequeno, mas vê-lo caminhar sozinho, com seus paços ainda desengonçados pelo fato de ainda não ter total segurança, foi maravilhoso!
Ele já estava arriscando um ou dois passinhos curtos, mas inseguro abaixava para engatinhar, certa de que não passaria dessa semana, os tão esperados passos, a mãe paparazzo aqui passou a ficar “24h” de câmera engatilhada. Afinal, um momento assim, tem que ser registrado com chave de ouro, não é verdade?
Agora a noite depois do jantar consegui gravar alguns segundos dos passos mais esperados do ano, a cena foi curtinho, mas que com certeza suficiente para marcar uma vida!
Com exclusividade para minha bloguesfera…

http://www.youtube.com/get_player